Laboratório de Sementes Florestais

 

O Laboratório de Sementes Florestais (LSF), pertence ao Departamento de Ciências Florestais e da Madeira (DCFM), do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), localizado no município de Jerônimo Monteiro, sul do estado do Espírito Santo.

O LSF, foi criado no ano de 2009, pelo Engenheiro Florestal, Prof. Miele Tallon Matheus (in memoriam), mestre em Produção Vegetal pela UFES sob a orientação do Prof. Dr. José Carlos Lopes. Em 2009, o Prof. Miele coordenou o “Projeto Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim”, cujo objetivo principal foi desenvolver ações de implementação de unidades piloto de uma rede de sementes florestais e de um sistema de produção de mudas de qualidade, mediante a atuação integrada entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos SEAMA/ES, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável SEMAD/MG e o Departamento de Ciências Florestais e da Madeira do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE), da UFES. Tais unidades visam à viabilização de formação de corredores ecológicos entre os fragmentos de vegetação natural no entorno do Parque Nacional do Caparaó e na Bacia do Rio Itapemirim como mecanismo de proteção, conservação e recuperação da diversidade de flora e fauna locais como elementos de sinalização da qualidade de vida com potencial econômico, turístico e científico.

A partir do ano de 2014, a coordenação do LSF está com o Engenheiro Agrônomo, Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre, doutor em Fitotecnia e pós-doutor em Sementes pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). O Prof. Rodrigo, desenvolve pesquisas nas áreas de Propagação Seminífera, Propagação Vegetativa e Cultura de Tecidos em Espécies Florestais. As pesquisas desenvolvidas no LSF, são com espécies florestais nativas da Mata Atlântica, a exemplo, da sapucaia (Lechytis pisonis Cambess.), com interesses de se investigar materiais genéticos vigorosos e potencialmente superiores quanto aos níveis nutricionais, principalmente o selênio. Outras espécies também são investigadas, como o palmito juçara (Euterpe oleracea), onde tem-se o interesse de se estudar o comportamento de diferentes genótipos situados em regiões de altitudes diversas, como na região do Caparaó, de modo a selecionar os mais vigorosos e superiores quanto aos conteúdos de antocianínicos e quanto ao poder antioxidante de seus frutos utilizados na produção do açaí, denominado pela sua origem de “juçaí”.

 

EQUIPE

1) Rodrigo Sobreira Alexandre - Coordenador

Professor Adjunto IV

Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - PPGCFL (Coordenador)

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

2) Gilson Barbosa São Teago - Técnico

Mestre em Ciências Florestais, Técnico do Laboratório de Sementes Florestais

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

3) Kelly Nery Bighi - Doutoranda

Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - PPGCFL

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

4) Thuanny Lins Monteiro Rosa - Mestranda

Bolsista CAPES

Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - PPGCFL

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

5) Maricélia Moreira dos Santos - Mestranda

Bolsista FAPES

Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - PPGCFL

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

6) Elisa Regina da Silva - Mestranda

Bolsista FAPES

Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais - PPGCFL

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

7) Ingridh Medeiros Simões - Graduanda em Engenharia Florestal

Bolsista PIBIC - CNPq

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

8) Rachel Garcia Medeiros - Graduanda em Engenharia Florestal

Bolsista PIBIC - CNPq

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

9) Caroline Palacio de Araujo - Graduanda em Licenciatura em Biologia

Voluntária PIVIC

Departamento de Biologia – DB

Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde - CCENS

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

10) Julcinara Oliveira Baptista - Graduanda em Agronomia

Monitora PIBICJúnior e Voluntária PIVIC

Departamento de Ciências Florestais e da Madeira - DCFM

Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - CCAE

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

11) Douglas Fernandes - Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas

Voluntário PIVIC

Departamento de Biologia - DB

Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde - CCENS

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

 

PROJETOS

 

1. Garfagem de ipês na produção de copas policoloridas. Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre).

2. Seleção de genótipos de palmeiras juçara em diferentes altitudes no sul do Espírito Santo. Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre).

3. Propagação de genótipos de sapucaia (Lecythidaceae). Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre).

4. Minicepas de jabuticabeira produzidas a partir de modalidades de garfagem em mudas momo e poliembriônicas. Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre).

5. Nova castanha do Brasil: diversidade baseada em características juvenis, nutricionais, selênio e multiplicação ex vitro e in vitro de genótipos de sapucaia (Lechitidaceae). Chamada CNPq N º 12/2016 – Bolsas de Produtividade em Pesquisa. Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre).

6. Morfogênese in vitro de explantes juvenis e adultos de braúna (Melanoxylon brauna) e jacarandá caviúna (Dalbergia nigra), espécies da Floresta Atlântica. EDITAL FAPES/SEAG No 06/2015 – PPE AGROPECUÁRIA. Coordenador: Marcos Vinicius Winckler Caldeira.

 

 

FOTOS DO LABORATÓRIO

 

Figura 1. Equipe do Laboratório de Sementes Florestais do DCFM/CCAE/UFES. Da esquerda para a direita. Gilson (Técnico); Elisa (Mestranda); Thuanny (Mestranda); Caroline (Voluntária PIVIC); Prof. Rodrigo (ao Centro), Julcinara (Monitora PIBICJúnior e Voluntária PIVIC, à frente); Kelly (Doutoranda, ao lado), Rachel (Bolsista PIBIC); Ingridh (Bolsita PIBIC) e Maricelia (Mestranda).

 

 

Figura 2. Seleção de sementes e desinfestação de sementes. Maricélia (Mestranda, Bolsita FAPES.

 

 

Figura 3. Montagem de experimento de germinação. Thuanny (Mestranda, Bolsista CAPES).

 

 

Figura 4. Avaliação de experimento de genótipos de palmito juçara (Euterpe edulis). Rachel (Bolsista PIBIC CNPq).

 

Figura 5. Montagem de experimento de fotoblastismo. Da esquerda para a direita, Caroline (Voluntária PIVIC) e Kelly (Doutoranda).

 

Figura 6. Teor de água e curva de embebição. Ingridh (Bolsita PIBIC CNPq).

 

Figura 7. Adequação da ambiência e fotoperíodo em câmara BOD () e montagem de experimento de germinação. Elisa (Mestranda, Bolsista FAPES).

Figura 8. Massa seca de parte aérea e raiz de plântulas. Julcinara (Monitora PIBICJúnior e Voluntária PIVIC).

 

CONTATO

Coordenador: Prof. Dr. Rodrigo Sobreira Alexandre

Técnico responsável: Gilson Barbosa São Teago

Telefone: (28) 3558-2518

E-mail: rodrigosobreiraalexandre@gmail.com; gilsonbar@hotmail.com

Para outras informações acesse: http://www.florestaemadeira.ufes.br